segunda-feira, 26 de abril de 2010

ANOS 20


Na década de 20, após passar por uma guerra, muitas mulheres se viram obrigadas a trabalhar, e para isso aquelas roupas longas e volumosas já não serviam mais. As saias encurtaram e o modelo mais usado foi o reto.Os vestidos mais curtos, leves e elegantes, geralmente em seda, deixando braços e costas à mostra, o que facilitava os movimentos frenéticos exigidos pelo Charleston - dança vigorosa, com movimentos para os lados a partir dos joelhos. As meias eram em tons de bege, sugerindo pernas nuas. O chapéu, até então acessório obrigatório, ficou restrito ao uso diurno. O modelo mais popular era o "cloche", enterrado até os olhos, que só podia ser usado com os cabelos curtíssimos, a "la garçonne", como era chamado.
A mulher sensual era aquela sem curvas, seios e quadris pequenos. A atenção estava toda voltada aos tornozelos.
Em 1927, Jacques Doucet (1853-1929), figurinista francês, subiu as saias ao ponto de mostrar as ligas rendadas das mulheres - um verdadeiro escândalo aos mais conservadores.


A década de 20 foi da estilista Coco Chanel, com seus cortes retos, capas, blazers, cardigãs, colares compridos, boinas e cabelos curtos. Durante toda a década Chanel lançou uma nova moda após a outra, sempre com muito sucesso.





















(fonte: http://almanaque.folha.uol.com.br)

Essa é, sem dúvida, a época que mais me encanta, não só pela moda inovadora, mas pela música e artes dessa fase da história.



Agora, observem a moda atual baseada nos anos 20 - o Retrô :



















E essa comparação - a verdadeira Chanel com uma modelo vestida no seu estilo!

Nenhum comentário: