terça-feira, 23 de agosto de 2011

NÃO COMPRE GATO POR LEBRE!

Recebi este email de uma pessoa e achei interessante repassar. Infelizmente não tenho o nome de quem mandou pois ele foi repassado para mim. Se alguém souber, por favor me avise que coloco aqui.
Já que esta pessoa fez um favor para todos nós!


"Dias atrás tive uma discussão com alguns colegas relacionada à origem dos produtos que consumimos e a discussão teve a ver com o AZEITE DE OLIVA, pois por vezes compramos pensando que é Espanhol ou Português, e na verdade é feito aqui na nossa santa terrinha. Ou tenha sido importado e batizado com outro tipo de óleo na ocasião de embalar aqui no Brasil. Existe uma forma de conferir a origem dos produtos e, para tanto, montei a tabela abaixo, com os números iniciais de código de barras de nossos principais fornecedores:

PARA NÃO COMPRAR GATO POR LEBRE.
Pelos 3 primeiros dígitos do código de barras dá para saber onde foi fabricado qualquer produto.
Se desconfiar que um produto é chinês e lá no rótulo diz que é alemão, é só conferir...

690, 691 e 692 made in China. 789 made in
Brasil


  
00-13: USA & Canada
20-29: In-Store Functions
30-37: France
40-44: Germany
45: Japan (also 49)
46: Russian Federation
471: Taiwan
474: Estonia
475: Latvia
477: Lithuania
479: Sri Lanka
480: Philippines
482: Ukraine
484: Moldova
485: Armenia
486: Georgia
487: Kazakhstan
489: Hong Kong
49: Japan (JAN-13)
50: United Kingdom
520: Greece
528: Lebanon
529: Cyprus
531: Macedonia
535: Malta
539: Ireland
54: Belgium & Luxembourg
560: Portugal
569: Iceland
57: Denmark
590: Poland
594: Romania
599: Hungary
600 & 601: South Africa
609: Mauritius
611: Morocco
613: Algeria
619: Tunisia
622: Egypt
625: Jordan
626: Iran
64: Finland
690-692: China
70: Norway
729: Israel
73: Sweden
740: Guatemala
741: El Salvador
742: Honduras
743: Nicaragua
744: Costa Rica
746: Dominican Republic
750: Mexico
759: Venezuela
76: Switzerland
770: Colombia
773: Uruguay
775: Peru
777: Bolivia
779: Argentina
780: Chile
784: Paraguay
785: Peru
786: Ecuador
789: Brazil
80 - 83: Italy
84: Spain
850: Cuba
858: Slovakia
859: Czech Republic
860: Yugoslavia
869: Turkey
87: Netherlands
880: South Korea
885: Thailand
888: Singapore
890: India
893: Vietnam
899: Indonesia
90 & 91: Austria
93: Australia
94: New Zealand
955: Malaysia
977: International Standard Serial Number for Periodicals (ISSN)
978: International Standard Book Numbering (ISBN)
979: International Standard Music Number (ISMN)
980: Refund receipts
981 & 982: Common Currency Coupons
99: Coupons


Então, imprimam a tabelinha e nas próximas compras leve junto na carteira e confira!

domingo, 21 de agosto de 2011

FAÇA O SEU GLOSS!



Aqui está uma receita para você fazer em casa  que hidrata os lábios muito bem e com um sabor delicioso ... chocolate!

Gloss de Chocolate
1 1 / 2 colher de chá de manteiga de cacau ralada 

1 / 2 colher de chá de óleo de coco 
1 / 8 colher de chá de óleo de vitamina E 
3 quadradinhos de chocolate

      Coloque no microondas a manteiga de cacau e óleos até derreter, cuidado para não aquecer muito tempo. É só até derreter!                                                       Enquanto ainda estiver quente, adicione o chocolate e mexa até derreter misturando bem,
Despeje em um pequeno recipiente limpo e deixe esfriar completamente antes de usar.
   Se você não conseguir encontrar a manteiga de cacau localmente, você pode comprá-lo na Amazon.
   Fonte: http://tipnut.com

Como Passar Gloss
Coloque uma gotinha de gloss no meio dos lábios e espalhe com pincel ou com a ponta dos dedos, dando leves batidinhas. O brilho deve se concentrar na região central da boca. O truque faz com que os lábios pareçam mais carnudos. Reaplique o gloss até conseguir uma cobertura perfeita. Porém, não vale exagerar. Se sentir que o produto está grudando quando você abre e fecha a boca, é sinal de que errou a mão. Retire o que está sobrando.
Aperte levemente os lábios sobre um lenço de papel.
Um brilho labial de textura um pouquinho mais firme pode ser aplicado com a ponta dos dedos. Essa é uma maneira de evitar excessos. Quem quiser uma cor mais intensa pode aplicar uma camada de batom por baixo ou misturar um pigmento colorido ao gloss!

terça-feira, 16 de agosto de 2011

NÃO JOGUE FORA: REAPROVEITE !





Talheres viram porta trecos ou suporte para recados ou cartões.










Cafeteiras e formas se transformam em abajur.













Canecas penduradas são práticos porta canetas.

















Outro porta lápis, pinceis e tesoura feito de parte de uma vassoura!

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

PRATELEIRAS ORIGINAIS

Você pode reaproveitar o que já tem e fazer prateleiras bem interessantes!



Partes de mesas velhas pintadas da mesma cor formaram um conjunto  muito interessante!

















Uma escadinha antiga com uma pátina ficou uma graça!














Bancos de madeira de diferentes tamanhos e pintados com cores em degradê. Reparem que a do meio possui as cores amarela e laranja. Mas também poderiam estar em cores bem contrastantes ou da mesma cor, como na primeira foto.














Madeiras, mdf ou compensado pintados de branco.
Vasos quadrados de vidro com pedrinhas dentro dividem e servem de apoio às madeiras.
Linda, barata e fácil de fazer!










terça-feira, 9 de agosto de 2011

ESSE LUSTRE É PARA "VER" !!!!






Este maravilhoso lustre faz justiça ao seu nome "Espetáculo".

Lindíssimo e surpreendente quando se sabe qual o material usado para sua confecção:











ÓCULOS!!!!

É criação de Stuart Haygarth e está exposto no

The Museum of Art and Design de NY

http://www.madmuseum.org/


segunda-feira, 8 de agosto de 2011

GRANDES MARCAS NA RECICLAGEM


A Levi’s prepara-se para lançar no mercado Australiano e da Nova Zelândia a sua nova coleção de Tênis fabricados a partir de jeans Levi’s usados.
Cada par é produzido a partir de um par de jeans velhos e é único, com as partes distintas dos jeans a serem utilizadas, como os bolsos, os botões e as

costuras amarelas.






Já a Nike Sportswear lança uma coleção de tênis feitos a partir de materiais reciclados que dão um toque diferenciado à coleção e impedem que diferentes resíduos sejam descartados inadequadamente.
O tênis é feito com papéis coloridos e estampas. 
O modelo é realmente construído por tiras de revistas recicladas, costuradas e reforçadas por um material transparente e resistente. O papel é tratado, para conferir resistência ao calçado; e as peças são exclusivas devido ao processo único envolvido; cada estampa é feita com a combinação de diversas impressões e com diferentres tipos de sequências.

Acho que copiaram essa idéia daqui !!!

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

ELE TAMBÉM PODE SER ECOLÓGICO!

Bolsa ecológica para cães:

A bolsa possui quatro bolsos menores, que podem ser usados para colocar biscoitos, documentos, brinquedinhos, bebedouro, etc. 
E mais dois bolsos maiores para guardar fraldas, banho seco, perfume, escova, lenço umedecido entre outros.
A criação é da Maria Buzina para a Dog’s Care, especializada em produtos para pets.
http://alquezarcasagrande.blogspot.com

terça-feira, 2 de agosto de 2011

LIXO QUE VIRA LUXO E FAZ MODA

O brasileiro Geová Rodrigues encontrou no lixo a chave para fazer sucesso na América. Nascido em Barcelona, interior do Rio Grande do Norte, ele foi para Nova York há 15 anos tentar a sorte como artista plástico. Virou estilista quando começou a revirar as lixeiras da 7a Avenida, em Manhattan, onde se concentram os ateliês de grifes, como Calvin Klein e Anna Sui, em busca de retalhos. “Ia sempre vasculhar. Encontrava seda, crepe e chifom exclusivos  das marcas, que eram colocados em caixas enormes. Abria e selecionava os melhores pedaços”, conta ele, que voltava com os recortes de tecido para o ateliê, espalhava pelo chão e começava a montar vestidos nos manequins. "Se termina a linha branca, continuo com uma amarela. Eu uso o que eu tenho”. 

Gisele Bündchen, Luana Piovani e Fernanda Tavares também descobriram o talento do conterrâneo, um dos ícones da Descontruction Couture, movimento de desmontar e remontar roupas. “Acho o trabalho do Geová fantástico. Seus vestidos são lindos e deixam a mulher muito sexy”, afirma Eugênia K., modelo russa que esteve no Brasil para a SP Fashion Week, quando posou com uma criação do amigo. Um vestido assinado por Geová Rodrigues custa em média US$ 1.800.

A originalidade do trabalho com sobras de pano chamou a atenção de Anna Levak,  editora de moda da revista Happer’s Bazzar, que publicou uma reportagem intitulada “Artista brasileiro lança sua moda em Nova York”. “Ela deu várias fotos das minhas roupas. Foi aí que tudo começou.” Aos 33 anos, Geová já participou de oito edições da semana de moda de Nova York. Seu diferencial é a exclusividade das peças e o acabamento de alta-costura. Ele hoje não precisa revirar lixo. “Agora, quando chego, os porteiros me mandam subir. Muitas grifes separam os retalhos antes de jogar fora para que eu possa escolher.”
Fonte 





Alguns dos modelos do estilista.
Você pode ver mais no site 












































Também faz acessórios, bijuterias.