sexta-feira, 30 de abril de 2010

ANOS 50


A mulher se tornou mais feminina e glamourosa. Metros e metros de tecido eram gastos para confeccionar um vestido, bem amplo e na altura dos tornozelos. A cintura era bem marcada e os sapatos eram de saltos altos, além das luvas e outros acessórios luxuosos, como peles e jóias, lenços amarrados no pescoço, penteados e maquiagem. A maquiagem daquela época focava muito os olhos, muito delineador e rímel, os lábios tinham um toque especial de batom, o mais famoso e querido da época era o vermelho, sem falar no pó de arroz pra dar aquela palidez na pele. Nunca vendia-se tanto produtos de cosméticos e maquiagem.

Vestidos Retrô - estilo anos 50































Com toda discrição da época foi criado o biquíni, mesmo sendo bem grande comparado aos biquínis atuais, houve muito preconceito, pais e maridos não queriam que suas filhas e esposas mostrassem o corpo, mas com o tempo virou febre no mundo inteiro.




Biquinis retrô

































A moda dos anos 50 não foi um marco apenas para as mulheres, os homens também foram incluídos. Os garotos queriam mostrar rebeldia e atitude, após o sucesso do filme lançado nos cinemas “Juventude Transviada” (1955) os garotos passaram a usar jaquetas de couro e calças jeans, o que combinava com as motocicletas, sonho de consumo de todo jovem daquela época, além das camisetas brancas, moda imposta pelo o filme “Um bonde chamado desejo” (1951).

E depois disso nunca mais deixamos as calças jeans!!!

ANOS 40





Época da 2a Guerra Mundial. A escassez de tecidos fez com que as mulheres tivessem de reformar suas roupas e utilizar materiais alternativos na época, como a viscose, o raiom e as fibras sintéticas. Mesmo depois da guerra, essas habilidades continuaram sendo muito importantes para a consumidora média que queria estar na moda, mas não tinha recursos para isso.
O corte era reto e masculino, ainda em estilo militar. As jaquetas e abrigos tinham ombros acolchoados angulosos e cinturões. Os tecidos eram pesados e resistentes, como o "tweed", muito usado na época.
As saias eram mais curtas, com pregas finas ou franzidas. As calças compridas se tornaram práticas e os vestidos, que imitavam uma saia com casaco, eram populares.


O náilon e a seda estavam em falta, fazendo com que as meias finas desaparecessem do mercado. Elas foram trocadas pelas meias soquetes ou pelas pernas nuas, muitas vezes com uma pintura falsa na parte de trás, imitando as costuras.





Sapatos anos 40 e seu estilo retrô.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

ANOS 30




A década de 30 foi fortemente influenciada pelo cinema. Não se seguia mais a moda de Paris, mas sim a moda lançada pelas divas do cinema. Após a recessão de 1929, o mundo vivia uma época mais romântica, e as saias voltaram a ser compridas. Em tempos de crise, materiais mais baratos passaram a ser usados em vestidos de noite, como o algodão e a casimira.
As formas do corpo da mulher foram redescobertas através de uma elegância refinada, sem grandes ousadias. Os vestidos eram justos e retos. O corte enviesado e os decotes profundos nas costas dos vestidos de noite marcaram os anos 30, que elegeram as costas femininas como o novo foco de atenção.

Descobriram o esporte, a vida ao ar livre e os banhos de sol. Seguindo as exigências das atividades esportivas, os saiotes de praia diminuíram, as cavas aumentaram e os decotes chegaram até a cintura, assim como alguns modelos de vestidos de noite.

No final dos anos 30, com a aproximação da Segunda Guerra Mundial, que estourou na Europa em 1939, as roupas já apresentavam uma linha militar, assim como algumas peças já se preparavam para dias difíceis, como as saias, que já vinham com uma abertura lateral, para facilitar o uso de bicicletas.

A moda atual no estilo 1930

segunda-feira, 26 de abril de 2010

ANOS 20


Na década de 20, após passar por uma guerra, muitas mulheres se viram obrigadas a trabalhar, e para isso aquelas roupas longas e volumosas já não serviam mais. As saias encurtaram e o modelo mais usado foi o reto.Os vestidos mais curtos, leves e elegantes, geralmente em seda, deixando braços e costas à mostra, o que facilitava os movimentos frenéticos exigidos pelo Charleston - dança vigorosa, com movimentos para os lados a partir dos joelhos. As meias eram em tons de bege, sugerindo pernas nuas. O chapéu, até então acessório obrigatório, ficou restrito ao uso diurno. O modelo mais popular era o "cloche", enterrado até os olhos, que só podia ser usado com os cabelos curtíssimos, a "la garçonne", como era chamado.
A mulher sensual era aquela sem curvas, seios e quadris pequenos. A atenção estava toda voltada aos tornozelos.
Em 1927, Jacques Doucet (1853-1929), figurinista francês, subiu as saias ao ponto de mostrar as ligas rendadas das mulheres - um verdadeiro escândalo aos mais conservadores.


A década de 20 foi da estilista Coco Chanel, com seus cortes retos, capas, blazers, cardigãs, colares compridos, boinas e cabelos curtos. Durante toda a década Chanel lançou uma nova moda após a outra, sempre com muito sucesso.





















(fonte: http://almanaque.folha.uol.com.br)

Essa é, sem dúvida, a época que mais me encanta, não só pela moda inovadora, mas pela música e artes dessa fase da história.



Agora, observem a moda atual baseada nos anos 20 - o Retrô :



















E essa comparação - a verdadeira Chanel com uma modelo vestida no seu estilo!

sábado, 24 de abril de 2010

RETRÔ...VINTAGE ?

Uma das formas de conservar a natureza, ajudar o planeta a gastar menos energia, matéria prima é o reaproveitamento. Nessa onda ouve-se falar muito em Vintage e Retrô.
É a mesma coisa? É algo usado? Velho? De brechó?
Tem diferenças. Vamos lá, seguindo o dicionário:

Retrô: do latim “retro” (para trás). Termo usado para nomear tendência, de qualquer período, que volta a ficar na moda.

Vintage: palavra inglesa que servia para designar o vinho produzido por uma única colheita. O conceito estendeu-se a outros bens de consumo e passou também a designar roupas antigas e usadas. Para que uma peça seja considerada vintage, não basta ser de segunda-mão e comprada em brechó. Precisa ter marcado uma época, ter entrado para a história da moda.
Então vamos ver algumas tendências das diversas épocas para quando você for a um brechó poder escolher com mais segurança algo que realmente vale a pena. E quando olhar uma coleção em "estilo retrô" poder identificar a época.

Período 1900 - Anos 10
Os vestidos era compridos, bastante enfeitados, saias de armação, espartilhos, babados, enfeites. A mulher não trabalhava e podia se vestir dessa maneira, podemos dizer, sem conforto. Na verdade, de acordo com o seu vestir, representava o status da família - quanto mais ricamente trajada, melhores condições possuia seu marido ou pai.

Uma síntese desse período:




E o estilo retrô dessa época


Os espartilhos atuais ...

sexta-feira, 23 de abril de 2010

DIVISÓRIAS

Criatividade é tudo. Se você não está com muitas idéias, copie!

Aproveitando a natureza...


Restos de galhos.



Reciclando...


Divisória de um escritório aproveitando garrafas pet.


Essa é feita com o fundo das garrafas pet.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

DIA DA TERRA


Hoje, 22 de abril é O Dia da Terra.
Vamos cada um contribuir com uma parcela, pequena que seja, para podermos continuar fazendo parte desse lugar maravilhoso que nos cederam para morar.

segunda-feira, 19 de abril de 2010

IMPORTADOS BARATÍSSIMOS!

Dica de um blog maravilhoso!
Tudo Coisa Minha
Produtos de beleza, maquiagem, cremes, perfumes tudo muito barato mesmo!
O que você acha de um gel de banho Ralph Lauren na fragrância You’ve Got, com 50ml por R$10,00???
Ou uma sombra da Victoria's Secret por R$20,00???
Mas tem de correr para pedir o seu pois a quantidade é limitada.
Eu já fiz os meus pedidos! Também por esse preço!
Olha só...


É isso mesmo: Gloss da MAC por R$ 10,00!!!
Tem outros maiores no blog por R$30,00.
E tem mais...















É..o preço é esse mesmo: R$ 30,00 !!!



















Vão lá no Blog, RÁPIDO!!!!

sexta-feira, 16 de abril de 2010

BOA IDÉIA NA DECORAÇÃO



Ano passado estava numa feira de artesanato quando vi algumas poltronas, bancos e mesas de centro feitos com palha trançada. Achei diferentes e ótimos para uma varanda, casa de praia e até mesmo para minha sala. Conversando com a responsável pelo stand soube que eram feito de pneus.
Boa idéia para reciclar.
fotos do blog: Decoração de A a Z

quinta-feira, 15 de abril de 2010

A MODA TAMBÉM RECICLA



A Estilista Priscilla Darolt apresentou no SP Fashion Week essa roupa sexy e estruturada. O que sustenta as peças não são entretelas ou tecidos mais firmes e rígidos, mas alças de mochilas e tiras de velcro.
Muito interessante. E o efeito é lindo.
(fonte:http://ffw.com.br)

REAPROVEITANDO O FILTRO DE CAFÉ

Olha só como é fácil reutilizar o coador de café, aquele da parede feito pelo arquiteto Thoni Litsz, em outros trabalhos sugeridos aqui. Só que a parede dá um trabalho enooorme! É melhor chamar o Thoni e sua equipe!


Material:
- 1 tela tipo painel de 15 x 15 cm
- 3 filtros de café usados
- Adesivos para personalizar
- Cola branca
- Pincel
- Opcional: verniz acrílico à base de água, tinta mosaico vermelha, pátina cera ouro velho.
Obs.: Para preparar o filtro de café, deixe-o secar com o pó dentro. Quando estiver bem seco, retire o excesso de pó, abra o filtro e passe uma escovinha para retirar bem o pó.
O pó de café deve ser descartado no saco de resíduos orgânicos. Ou pode ser usado para compostagem.



Rasgue pedaços do filtro de café e vá colando sobre a tela. Sobreponha partes claras e escuras para criar um efeito especial.


Simples assim! Agora é só passar uma demão de cola branca sobre a peça acabada.


Você pode finalizar seu trabalho nessa etapa, ou dê acabamento com demão de verniz sobre a tela, tinta mosaico vermelha sobre os adesivos (que são opcionais), criando um relevo ou passe a pátina .

fonte: Setor Reciclagem

quarta-feira, 14 de abril de 2010


Você gosta de ler? Eu adoro!!!
Tem gente que reclama do preço dos livros, mas quem quer consegue livro baratinho em sebos, feiras de livros e aqui no Rio de Janeiro tem até camelô de livros!
Por sinal, uma dica de um muito bom. É no Flamengo, na Rua Almirante Tamandaré, próximo ao Largo do Machado. Ele está ali todos os dias. Os livros estão em excelente estado. Há livros novos e antigos. Muito bom!
Mas tenho outra dica para você conseguir livros gastando entre aproximadamente R$3,00 a R$5,00. Livros atuais, antigos, clássicos, técnicos, qualquer tipo.
Como? Pelo site TROCANDO LIVROS
Você se cadastra e coloca numa listagem os livros que tem disponíveis para trocar. Assim que alguém pedir um livro seu é só enviar pelo Correio. Você só paga o valor do envio que é esse que coloquei aí em cima, dependendo do peso do livro. Ao enviar você recebe um crédito, ou seja, pode escolher qualquer livro do seu interesse. E é só esperar ele chegar na sua casa!!! Depois de ler o livro, se não quiser ficar com ele pode colocar na lista do site novamente.
Já enviei e recebi mais de 20 livros! Alguns fiquei pra mim, outros estão rodando por aí. O site é bem organizado e funciona direitinho.
Entra lá e dá uma olhada. Vale a pena!

segunda-feira, 12 de abril de 2010

RECICLAR NA DECORAÇÃO

Começando hoje esse novo espaço do blog Antenada e Reciclada e nada melhor do que mostrar o que uma boa reciclagem é capaz de fazer.





Linda essa parede, não?
Olhando assim de longe parece algum tipo de pedra, ou cortiça, ou um papel de parede, ou uma madeira trabalhada... Nada disso! São coadores de café usados!!!
Esse trabalho foi apresentado pelo arquiteto Thoni Litsz no evento "Morar Mais por Menos", de 2009, no Rio de Janeiro.
Foram utilizados 835 coadores de café usados.
Thoni Litsz foi ao programa da Ana Maria Braga ensinar como fazer essa parede.
Se você usar sua criatividade pode aproveitar a dica para forrar uma caixa, cobrir uma mesa de centro velha ou arranhada e depois colocar um vidro por cima. Vai ficar linda!
Conheça mais do trabalho desse arquiteto fantástico no blog do Thoni Litsz